POLIS Litoral Ria de Aveiro

A Ria que nos une

O território abrangido pela Ria de Aveiro é um espaço singular que dispõe de condições excepcionais para suporte de um desenvolvimento económico e turístico sustentável e para se posicionar como um pólo de atração intimamente ligado ao contacto e fruição da natureza. Para além disso constitui-se como um elemento estruturante da paisagem do sistema ecológico e da atividade económica da Região Centro. As suas características físicas únicas, de grande sensibilidade, requerem que o seu desenvolvimento se submeta a uma estratégia que articule eficazmente as múltiplas vertentes deste território. Foi com base nestes pressupostos que o Governo optou pela intervenção Polis Litoral na Ria de Aveiro.

Uma Ria ambientalmente preservada, economicamente dinâmica e de múltiplas vivências

O Polis Litoral da Ria de Aveiro é uma das operações de requalificação e valorização de zonas de risco e de áreas naturais degradadas situadas na orla costeira, promovidas no âmbito do Programa Polis Litoral. Constitui uma parceria única no país, entre o estado Central e a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro. Tem por objetivo promover um conjunto de cerca de 150 ações acordadas entre os Municípios e o Estado, apresentadas em Plano estratégico específico, que visam a proteção e defesa da zona costeira e lagunar visando a prevenção de riscos, a proteção e valorização do património natural e paisagístico, a valorização dos recursos como fator de competitividade económica e social, bem como a promoção e dinamização da vivência da Ria.

A área de intervenção tem cerca de 37 000 ha, uma extensão de 60 km de frente costeira, 140 km de frente lagunar e 24 km de frente ribeirinha do Vouga, abrangendo os concelhos de Águeda, Albergaria-a-Velha, Aveiro, Estarreja, Espinho, Ílhavo, Mira, Murtosa, Oliveira do Bairro, Ovar, Sever do Vouga e Vagos.

Para saber mais informações vá a www.polisriadeaveiro.pt